quinta-feira, 30 de outubro de 2014

PREFEITURA EMITE NOTIFICAÇÃO À SABESP


 
Av. Papa João XXIII - Foto: Blog Adriano Mizumoto
O setor de fiscalização da Prefeitura Municipal de Pilar do Sul estará na data de hoje (30/10), enviando uma notificando a Sabesp.

Conforme já publicado inúmeras vezes por este blog, muitas são as reclamações por parte dos munícipes sobre o numero enorme de buracos existentes pelas ruas da cidade. O que muitos desconhecem é que nem todos os buracos existentes são da responsabilidade da Prefeitura Municipal e sim, da própria Sabesp que, ao realizarem reparos de saneamento acabam deixando para traz a conclusão do trabalho e, com isso causando sérios transtornos a população.

Assim sendo, o setor de fiscalização estará encaminhando à Sabesp notificação para que sejam fechados cerca de 40 buracos criados pela empresa no período de 72 horas.

Caso as providências não sejam tomadas nesse período, a Prefeitura estará emitindo multa à Sabesp e informando a Arsesp – Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo.



NOTA DE FALECIMENTO


Faleceu nesta Quarta-Feira (29/10), o senhor PAULINO VIEIRA  com 87 anos de idade, morador no Bairro Centro em Pilar do Sul.

Seu corpo estará sendo velado no Velório Municipal de Pilar do Sul.

Seu sepultamento se dará nesta Quinta-Feira (30/10) às 16hs, no Cemitério São João Batista, no Centro de Pilar do Sul.

A família enlutada as nossas condolências.

Dados fornecidos pela Funerária da Paz de Pilar do Sul




Polícia Militar evita possível sequestro de empresário no centro de Pilar do Sul


O filho de um empresário morador na Rua José Braga Sobrinho, no Centro de Pilar do Sul, acionou a Policia Militar no inicio da madrugada desta quinta-feira (30/10),  quando percebeu que do lado de fora de sua residência havia um homem com mascara e empunhando uma espingarda.

Chegando ao local, a equipe de policiais suspeitaram de um veículo ômega, cor preta, placas JLH 4300 de Vargem Grande Paulista. Em acompanhamento ao veículo pelas ruas da cidade, os criminosos dispararam vários tiros contra a viatura onde estavam os policiais, Soldado Oliveira e Cabo Batista, mas não obtiveram sucesso.

Quando o veículo entrou na Rua Antonio Paulista, os policiais conseguiram interceptar o veículo e prender os ocupantes, J.L.S. de 44 anos, C.F.de A.S de 29 anos, L.D’M.A de 29 anos e G.C. da S. de 18 anos, todos moradores na cidade de Cotia/SP.

Com eles a policia encontrou um revólver calibre 32 municiado com projeteis deflagrados, máscaras, luvas, rádios comunicadores, uma espingarda calibre 12 e ainda 17 cartuchos calibre 12. Os marginais não confirmam, no entanto, a polícia credita que o plano dos criminosos era sequestrar o empresário.

Os criminosos foram encaminhados para a delegacia local onde o delegado Milton Andreoli prendeu os delinquentes sob acusação de extorsão mediante sequestro (artigo 159 do Código Penal), porte ilegal de arma (artigos 14 e 16 da lei 10.826/2003) e por associação criminosa (lei 12.850/2013). Dois criminosos são primários, mas os outros dois: L. e C. já  tem passagem por tráfico e roubo.

Fonte: Informações colhidas do Blog Toni Silva Sorocaba


terça-feira, 28 de outubro de 2014

NOTA DE FALECIMENTO


Faleceu nesta Segunda-Feira (27/10), a senhora TIEMI TAKAHASHI TRAVAIOLI  com 59 anos de idade, moradora na Cidade de Sorocaba.

Seu corpo estará sendo velado no Velório Municipal de Pilar do Sul.

Seu sepultamento se dará nesta Terça-Feira (28/10) às 16hs30, no Cemitério São João Batista no Centro de Pilar do Sul.

A família enlutada as nossas condolências.

Dados fornecidos pela Funerária da Paz de Pilar do Sul




Problemas financeiros continuam rondando a Prefeitura Municipal de Pilar do Sul




Escola Especial em Pilar do Sul esta passando por sérias dificuldades.

A Escola especial é administrada pela Prefeitura Municipal de Pilar do Sul, mas parece que algo esta errado com as finanças, pois o telefone da escola não esta funcionando ha dias, qual o motivo? Falta de pagamento.

O veículo equipado especialmente para transportar os alunos da escola também não esta podendo ser utilizado por falta de combustível. Por que? Falta de Pagamento. Tentaram até arrumar outro veículo, mas, é impossível o transporte porque, esse veículo não está adaptado às necessidades dos usuários.

A escola necessitava de boias para que os alunos pudessem utilizar na piscina, foram então conversar com a senhora secretária Renata de Carvalho da Secretaria de Educação que se comprometeu a realizar essa compra. Ocorre que as boias chegaram, mas, não foi efetuado pela Secretaria de Educação o devido pagamento e informado à escola que não tinham dinheiro para pagar, assim sendo, esse débito ficou para ser sanado pela própria Escola Especial.

Embora se diga nos bastidores da Prefeitura que não estão passando por problemas financeiros, o que mais se houve nos últimos dias na cidade é que a mesma deve a muitos fornecedores e prestadores de serviços (postos de combustíveis, mercados...), isso vem causando sérios transtornos em várias secretarias e escolas como a Especial com falta de alimentos e materiais de primeira necessidade.



NOTA DE FALECIMENTO


Faleceu nesta Segunda-Feira (27/10), o senhor DARBI LAUREANO com 60 anos de idade, morador no Bairro Campestre, em Pilar do Sul.

Seu corpo estará sendo velado na Igreja Presbiteriana no Bairro Turvo dos Góes.

Seu sepultamento se dará nesta Terça-Feira (28/10) às 09hs, no Cemitério Jardim das Acácias em Pilar do Sul.

A família enlutada as nossas condolências.

Dados fornecidos pela Funerária da Paz de Pilar do Sul



segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Esclarecimento à População de Pilar do Sul


Após inúmeras vezes, terem tentado esclarecer à população que vem procurando diariamente os membros da Apaasa - Associação Protetora dos Animais "Anjos Sem Asas", em Pilar do Sul, que a associação existe apenas para fiscalizar o poder público naquilo que é de sua inteira responsabilidade como, a guarda e cuidados com os animais abandonados pelas ruas da cidade e orientação e providências legais quanto a maus tratos, a Apaasa resolveu então mostrar de acordo com um desenho desenvolvido por outras ongs, como é o trabalho de um protetor voluntário.



Muitas pessoas se esquecem que voluntários (o próprio nome já esta dizendo), são pessoas que exercem uma determinada função por livre e espontânea vontade, sem nenhuma remuneração. Muitas vezes colocando dinheiro do próprio bolso sem ter condições para isso. São pessoas que também tem famílias, compromissos de trabalho, doenças na família, filhos para cuidar e deveres como qualquer cidadão.

A população precisa entender que, muitas atitudes podem ser tomadas por qualquer pessoa, independente de ser ou não protetor como por exemplo: socorrer um animal abandonado; dar abrigo a uma cadela com cria ou mesmo filhotes abandonados até que sejam encontrados lares definitivos; chamar a atenção e orientar um vizinho, amigo ou parente quando for constatado maus tratos e abandono de animais. É comodo as pessoas se comoverem com determinadas situações mas, cobrar da associação providências que elas próprias poderiam e deveriam estar tomando por questões humanitárias. 

Quando os membros da associação orientam os proprietários a vacinarem contra doenças, cuidarem da higienização do animal e do local, da alimentação, castrarem seus animais, as pessoas vem chorar dizendo que o animal esta doente, morreu de cinomose, parvovirose, doença do carrapato, anemia e até "Tenho dó de castrar a pobrezinha...." mas, quando seus animais procriam e ali trazem 7, 8, 10... filhotes, aí acham que a associação tem que resolver o problema e achar doadores para todos esses filhotes.

Ficamos dias na praça central por mais de 8 horas e fazemos de coração e pelo amor aos nossos animais que, infelizmente, tiveram a infelicidade de nascerem em lares desumanos que os abandonaram à própria sorte. Ficamos sem alimentação, ninguém vem oferecer, um lanche, um copo de água,  ajuda com ração, jornais, remédios etc, só ouvimos pedidos de "posso trazer os filhotes da minha cadela aqui na feira também?". 

É importante que todos possam estar cientes de que, nossa associação sobrevive ajudando os animais de ruas com doações de roupas e utensílios que nos são doados pelas poucas pessoas, que compreendem e valorizam nosso trabalho. Com essa colaboração é que realizamos bazares da pechincha para arrecadarmos fundos e podermos pagar as despesas com medicação, higienização, exames e etc...

Os voluntários também merecem respeito e necessitam descansar tanto quanto qualquer outra pessoa, agradecem a compreensão e colaboração de todos, por isso, pedimos que, por favor, não fiquem telefonando ou indo na residencia desses voluntários para fazer o que você pode estar fazendo e que, só depende da sua humanidade e boa vontade.

A Apaasa agradece e pede desculpas por esta matéria que se faz necessária, devido o abuso por parte de muitas pessoas.