segunda-feira, 30 de março de 2015

MAIS UMA CACHORRINHA ENCONTRADA EM PILAR DO SUL



Foi encontrada na noite desta Segunda-Feira (30/03) uma cachorrinha branca com manchas pretas, perninhas curta, tamanho pequena e esta bem tratada.

Quem souber a quem pertence por favor entrar em contato pelos telefones (15) 3278.2698 - 3278.2321, 99605.6573 ou 997255130.

A pessoa que se dizer dono deverá trazer algo que comprove sua legalidade.

Lembrando que não temos como abrigar um animal encontrado por muito tempo. Caso não apareça seu dono será colocada para adoção.

Pilar do Sul contra a Dengue


A Prefeitura de Pilar do Sul, por meio da Secretaria de Saúde e Bem Estar e da Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, com o apoio dos colaboradores da VISA/VE (Vigilância Sanitária e Epidemiológica) e os agentes de saúde do Instituto CORPORE, empresa contratada para desenvolvimento de ações de Prevenção e Proteção a saúde coletiva, está desenvolvendo o Projeto “PILAR CONTRA A DENGUE”.

O objetivo do projeto é a retirada de materiais inservíveis (materiais que não possuem uso ou velhos) que possam tornar-se possíveis criadouros do mosquito da Aedes Aegypti.

Os agentes de saúde visitaram as residências, orientando os moradores quanto e qual o material a ser retirado, informando à data que se procederá a coleta do material.  Informando, também, os riscos da doença como orienta o morador sobre métodos de erradicação do mosquito da Dengue.

Já foram visitados os bairros Bonanza, Pinheiro, Ipê, Vale verde, Nova Pilar III e Zona Industrial. Serão visitados os bairros Nova Pilar I e II.

As visitas dos agentes de saúde e as coletas serão realizadas em todo município.


A dengue
É um mosquito doméstico, que vive dentro ou ao redor de domicílios ou de outros locais frequentados por pessoas, como estabelecimentos comerciais, escolas ou igrejas, por exemplo. Tem hábitos preferencialmente diurnos e alimenta-se de sangue humano, sobretudo ao amanhecer e ao entardecer.
Mas ele também pode picar à noite? Sim. Ele não deixa a oportunidade passar.

Por ser um mosquito que vive perto do homem, sua presença é mais comum em áreas urbanas, onde as fêmeas têm mais oportunidades para alimentação e dispõem de mais criadouros para desovar. A infestação do mosquito é sempre mais intensa no verão, em função da elevação da temperatura e da intensificação de chuvas – fatores que propiciam a eclosão de ovos do mosquito.

Principais criadouros
Pesquisas realizadas em campo indicam que os grandes reservatórios, como caixas d’água, galões e tonéis (muito utilizados para armazenagem de água para uso doméstico em locais dotados de infraestrutura urbana precária), são os criadouros que mais produzem Aedes aegypti e, portanto, os mais perigosos. Isso não significa que a população possa descuidar da atenção a pequenos reservatórios, como vasos de plantas, calhas entupidas, garrafas, lixos a céu aberto, bandejas de ar-condicionado, poço de elevador, entre outros. O alerta é para que os cuidados com os reservatórios de maior porte sejam redobrados, pois é neles que o mosquito seguramente encontra melhores condições para se desenvolver de ovo a adulto.
Na natureza, os ovos do Aedes aegypti podem sobreviver até 450 dias fora d’água.

Como a dengue pode ser transmitida
A transmissão se faz pela picada dos mosquitos Aedes aegypti. Quando o vírus da dengue circulante no sangue de uma pessoa em viremia (geralmente um dia antes do aparecimento da febre até o sexto dia da doença) é ingerido pela fêmea do mosquito durante o repasto, o vírus infecta o mosquito e após um período de oito a doze dias de incubação, pode ser transmitido para outras pessoas durante futuros repastos. O mosquito permanece infectado por toda a vida (6 a 8 semanas).
O período de incubação no homem varia de 4 a 10 dias, sendo em média de 5 a 6 dias. Após este período surgem os sintomas da doença.

Sintomas
A infecção por dengue pode ser assintomática ou causar doença com quadros graves como, por exemplo: choque com ou sem hemorragia, podendo evoluir para o óbito.

Normalmente, a primeira manifestação da dengue é a febre alta (39° a 40°C) de início abrupto que geralmente dura de 2 a 7 dias, acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e articulações, prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos, erupção e prurido cutâneo. Perda de peso, náuseas e vômitos são comuns. Nessa fase febril inicial da doença pode ser difícil diferenciá-la de outras doenças febris, por isso uma prova do laço positiva aumenta a probabilidade de dengue.

No período de diminuição ou desaparecimento da febre, geralmente entre o 3º e 7º dia da doença alguns casos irão evoluir para a recuperação e cura da doença, porém outros podem apresentar sinais de alarme, evoluindo para forma graves da doença.

O que fazer se estiver com os sintomas de dengue?
Em caso de suspeita de dengue procurar o serviço de saúde e evitar automedicação. Procurar o serviço de saúde mais próximo, fazer repouso e ingerir bastante líquido, pode ser água, sucos, soro caseiro ou água de côco. Retornar ao serviço de saúde para ser reavaliado.

Na presença de sinais de alarme e choque procurar imediatamente atendimento em unidade hospitalar.

Existe medicamento específico para combater ou prevenir a doença?
Não existem medicamentos específicos para combater o vírus ou prevenir que a pessoa adoeça. Toda pessoa com suspeita de dengue deve procurar um serviço de saúde.

Evite
Não existem medidas de controle específicas direcionadas ao homem, uma vez que não se dispõe de nenhuma vacina ou drogas antivirais. Atualmente, o único elo vulnerável da cadeia epidemiológica do dengue é o mosquito. Assim, o controle está centrado na redução da densidade vetorial, como por exemplo, mantendo o domicílio sempre limpo, eliminando os possíveis criadouros.

NOTIFICAÇÃO
Temos notificados até o momento: 43 casos
23 casos descartados.
16 CASOS POSITIVOS: 9 CASOS são IMPORTADOS e 7 CASOS são AUTÓCTONES.
4 CASOS AGUARDANDO RESULTADO DE EXAMES

MEDIDAS DE CONTROLE E AÇÕES DE COMBATE AO MOSQUITO
Para evitar esta situação, é preciso adotar medidas permanentes para o controle do vetor, durante todo o ano, a partir de ações preventivas de eliminação de focos do vetor. Como o mosquito tem hábitos domésticos, essa ação depende, sobretudo, do empenho da população.

A Secretaria de Bem Estar junto com a VISA/VE tem notificando todos os casos suspeitos e realizando exames para confirmar ou descartar cada caso.

Divulgação á população - alertas com carro de som, faixas em vários pontos da cidade, distribuição de panfletos e folders, os agentes comunitários de saúde estão fazendo visitas nas casas com orientações para limpeza de terrenos baldios, cuidados dentro de casa, etc.

Denuncie os focos do mosquito
As ações de controle da dengue ocorrem principalmente na esfera municipal. Quando o foco do mosquito é detectado, e não pode ser eliminado pelos moradores de um determinado local, a Secretaria Municipal de Saúde deve ser acionada.

NÃO ADIANTA O VIZINHO CUIDAR E EU NÃO CUIDAR DA MINHA PARTE, TODO MUNDO TEM QUE FAZER JUNTO.


Justiça de Pilar do Sul suspende os direitos políticos da prefeita Janete Pedrina de Carvalho Paes e ainda aplica multa de R$ 330 mil


A juíza de Pilar do Sul, Karina Jemengovc Perez julgou o mérito da ação civil pública, impetrada pela promotora de justiça, Luciana de Fátima Carboni R. Abramovitch, que pediu nulidade das portarias que nomeou pessoas para ocupar 42 cargos em comissão na gestão atual da prefeita Janete Pedrina de Carvalho Paes (PSDB). A ação também solicitou punição contra a prefeita por violação aos princípios administrativos. 

A magistrada entendeu que a lei municipal 267/2013 elaborada e sancionada pela prefeita que deu origem as portarias de nomeação feriu os artigos 111, 115 e o artigo 144 da Constituição do Estado, porque os cargos ocupados por 42 servidores são de natureza técnica e burocrática, podendo ser preenchidos por meio de concurso público. 

Com base neste entendimento a magistrada decretou nulidade das portarias que nomeou os ocupantes dos cargos, e determinou que em 5 meses a prefeita deverá sanar essa situação realizando concurso público para preenchimento das vagas, se isto não acontecer a prefeita pagará multa diária no montante de R$ 1.000,00 (mil reais). 

A juíza ainda entendeu que Janete Pedrina de Carvalho também estrangulou o artigo 12 da lei 8.429/1992 cometendo violação aos princípios administrativos. Por causa dessa irregularidade a juíza condenou a prefeita Janete Pedrina a ficar 4 anos com os direitos políticos suspensos (não podendo concorrer a cargo eletivo) e multa de 30 vezes o salário que a prefeita recebia em julho de 2013 (algo em torno de R$ 330 mil).

As 42 pessoas que ocupavam os cargos já foram dispensadas em 22 de julho de 2014 por despacho de liminar. A magistrada de Pilar do Sul decidiu o mérito da chamada ação civil pública dos "cargos em comissão" no dia 24 de março de 2015.
Cabe ainda, recurso no Tribunal-SP.

Fonte: Blog Toni Silva Sorocaba


domingo, 29 de março de 2015

NOTA DE FALECIMENTO


Faleceu neste Domingo (29/03), a senhora APARECIDA MARIA DO CARMO com 86 anos de idade, moradora no Bairro Centro em Pilar do Sul.

Seu corpo estará sendo velado no Velório Municipal de Pilar do Sul.

Seu sepultamento se dará nesta Segunda-Feira (30/03), as 08hs, no Cemitério São João Batista, no Centro de Pilar do Sul.

A família enlutada as nossas condolências.

Dados fornecidos pela Funerária da Paz




sexta-feira, 27 de março de 2015

Desrespeito ao Meio Ambiente e a Saúde


Há uma semana sem que Pilar do Sul receba praticamente uma gota de chuva, alguém que não sabe respeitar o Meio Ambiente e a Saúde de seu irmão resolve, irresponsavelmente atear fogo na mata.

Por volta das 16 horas desta sexta-feira (27/03), o fogo tomou conta de grande parte dos lotes existentes no Jardim Esperança, próximo ao loteamento do Esperança 2.

O fogo era tão forte que, os funcionários públicos e o senhor secretário de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente Antonio Nunes dos Santos, tiveram grande dificuldade para apagar, também arriscaram suas vidas pois não estavam equipados adequadamente para esse tipo de tarefa. A fumaça preta e a fuligem se espalhou por todo o bairro e até os mais próximos (Vila São Manuel, Sol Nascente, Colina, Centro).

Vale lembrar, que esse tipo de fumaça faz um enorme mau à saúde, principalmente para as pessoas que já tem algum problema respiratório e, a(s) pessoa(s) que praticou essa imprudência, deveria ter um pouco mais de consciência e saber que isso É CRIME.







Pais reclamam que filhos correm perigo ao irem para a escola



Uma mãe informou que seu filho estuda a três anos na Escola M.E.I  Professora Célia Antunes Proença, no bairro Jardim Nova Pilar I e que, tanto ele como as demais crianças, estão correndo risco de vida ao irem para a escola.

O mato tomou totalmente conta das calçadas e dessa forma, as crianças são obrigadas a andarem pela rua, correndo risco de serem atropeladas.

A mãe informa ainda que, já comunicou o fato ao setor de limpeza da prefeitura, mas, até esta data a única medida que foi tomada foi jogarem mata-mato. 

É importante lembrar a população que, toda e qualquer reclamação deve ser realizada junto aos setores competentes da Prefeitura Municipal, através de oficios protocolados para que não seja alegado amanhã que desconheciam tais problemas.

NOTA DE FALECIMENTO


Faleceu nesta Sexta-Feira (27/03), o recém nascido GABRIEL ANTONIO PEREIRA GOES, filho de Elias Faria de Góes e Adriana Flora Pereira Góes, moradores no Bairro Jardim Bonanza em Pilar do Sul.

Seu corpo estará sendo velado no Velório Municipal de Pilar do Sul.

Seu sepultamento se dará neste Sábado (28/03), as 09hs, no Cemitério São João Batista, no Centro de Pilar do Sul.

A família enlutada as nossas condolências.

Dados fornecidos pela Funerária da Paz