domingo, 21 de setembro de 2014

NOTA DE FALECIMENTO


 FUNERÁRIA LEMES


Faleceu neste Sábado (20/09), a senhora ALECÍ PEREIRA DA SILVA VARELA com 47 anos de idade, moradora no Bairro Jardim Marajoara, em Pilar do Sul.

Não haverá velório nesta cidade, pois seu corpo estará sendo enviado para a Cidade de Lençóis Paulista.

                                  
A família enlutada as nossas condolências.

Dados fornecidos pela Organização Lemes Funerária


NOTA DE FALECIMENTO

FUNERÁRIA LEMES
Foto: Arquivo da Família
Faleceu neste Sábado (20/09), a senhora IRMA PEREIRA DA SILVA (Professora) com 59 anos de idade, moradora no Bairro Santa Cecília, em Pilar do Sul.

Seu corpo esta sendo velado no velório Municipal de Pilar do Sul.

Seu sepultamento se dará neste domingo (21/09), às 16h, no Cemitério São João Batista em Pilar do Sul.
                                  
A família enlutada as nossas condolências.

Dados fornecidos pela Organização Lemes Funerária


sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Atenção motoristas Trecho da Rodovia SP-264 na entrada de Salto de Pirapora será interditado


Foto: Blog Adriano Vincler - Salto de Pirapora
A ponte da entrada da cidade será interditada nos dias 23 á 27/09, de terça-feira até sábado. Haverá interdição entre os Km 109,6 ao 118,5

A intervenção é necessária para dar início às obras da construção de uma nova ponte sobre o Rio Pirapora na entrada da cidade devido á duplicação da rodovia João Leme dos Santos (SP-264), a obra será realizada do trevo do Auto Posto Trevão até a ponte na entrada da cidade.  O tráfego vai funcionar com rotas alternativas.

Sinalização das obras
Para garantir mais segurança aos motoristas e pedestres que passam pela Rodovia João Leme dos Santos (SP-264), uma sinalização reforçada será utilizada ao longo da pista. Placas de “Reduza a Velocidade”, “Atenção para Travessia de Pedestres”, “Estreitamento de Pista” serão instaladas no local.
Foto: Blog Adriano Vincler - Salto de Pirapora
Fonte: Blog Adriano Vincler – Salto de Pirapora


quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Cemitério Jardim das Acácias continua alvo de reclamações


O Cemitério Jardim das Acácias tem sido alvo de reclamações constantes das pessoas que sepultam seus entes queridos ou das que o visitam. Reiteradas vezes O Jornal e o Blog Repórter Pilar têm recebido essas queixas e publicado matéria sobre o descaso dos órgãos competentes.

Mais uma vez as jornalistas Sueli C. Maita e Geni Alves dos Santos, responsáveis pelo Blog e O Jornal estiveram no local e constataram que as reclamações procedem.

Esta completando um ano no próximo mês de outubro que a Jornalista Sueli C. Maita entrevistou o senhor secretário de Desenvolvimento e Integração Social, Robertson Magalhães Jordão responsável pela administração dos cemitérios, e na época ele disse que estariam realizando a construção de 256 jazigos, um galpão aberto para que os familiares pudessem prestar suas ultimas homenagens aos entes queridos, uma sala de atendimento aos usuários e guarda de pertences utilizados pelos funcionários no cemitério e a construção de dois banheiros (masculino/feminino), no Jardim das Acácias. A atual administração informou na época que para o ano de 2013 não existia verba orçamentária disponível para essa construção, mas que, para o ano de 2014 já estaria sendo colocado na previsão.

O ano de 2014 esta se encerrando e até o mês de Setembro só foram construídos os jazigos, o resto continua na mesma situação (até um pouco pior). Formigueiros proliferam junto às campas, restos de construção estão espalhados por entre elas, bem como lixo e restos de materiais diversos.

Também foram constatadas irregularidades nos corredores entre os túmulos, que por não estarem nivelados, oferecem risco de queda a quem transita por eles. O portão do cemitério está danificado, dificultando o fechamento do mesmo.

Ali, cada um, faz o que deseja (constroem jardins, lapides enormes, colocam cruzes de todos os tamanhos e modelos, etc...), fugindo totalmente do projeto que foi elaborado para aquele local, gramado não existe mais, alguns locais que foram construídos os novos jazigos estão totalmente desalinhados dos que já existem, se não for efetuado os devidos reparos com urgência, o novo cemitério (Jardim das Acácias) logo estará da mesma maneira que se encontra o cemitério São João Batista, onde não existe corredor para que as pessoas possam visitar seus entes queridos sem estar pisando nas covas de outros ali sepultados, mas, para se evitar tudo que esta acontecendo é necessário que seja colocado um funcionário direto no local para instruir as pessoas e zelar pela limpeza.

Essas reivindicações já foram feitas na administração de Antônio José Pereira (2009-2012) pelo vereador Luiz Antonio Brisola, através das indicações 214/2009, 060/2010, 176/2010, 154/2011, 068/2012 e pelo então vereador Enivaldo Dias de Almeida, indicação 109/2012.

A atual administração recebeu as indicações 037/2013, da vereadora Cristina G. B. Vieira, 120/ 2013, do vereador Miguel Pereira Domingues, 270/2013, do vereador Luiz Antonio Proença, e 160/2014, das vereadoras Karla T. N. P. Pagianotto e Cristina Gomes Brisola Vieira com as mesmas reivindicações: melhorias no Cemitério Jardim das Acácias com muros, banheiros e um local com cobertura.

Até quando os órgãos competentes se mostrarão indiferentes aos pedidos da população e dos vereadores?

Formigueiro toma conta da sepultura
garrafas e pedaços de paus se encontram espalhados em cima dos túmulos que quase não existe mais gramado
pedaços de blocos estão espalhados por todo o cemitério e são usados para acender velas por não ter um velário
portão destruído


pelo menos, a natureza se encarregou de dar um pouco de beleza no lugar abandonado 
(casal de aves chocam seus filhotes em cima de uma sepultura)




quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Obras no centro de Pilar do Sul deixam munícipes preocupados

Rua Américo Brasiliense
Rua 5 de Novembro
Em contato com este blog e O Jornal, munícipes mostraram preocupação com as obras que estão sendo realizadas na esquina das Ruas 5 de Novembro e Américo Brasiliense, no centro de Pilar do Sul.

As jornalistas Sueli C. Maita e Geni Alves dos Santos estiveram no local para constatar se procediam tais reclamações. Para mais informações as jornalistas procuraram o secretário de Obras e Urbanismo Edson Batista que deu o seguinte esclarecimento: “De acordo com a Lei de Mobilidade Urbana (Lei Federal), as vias públicas estão sendo adequadas para maior acessibilidade aos pedestres e veículos, haja vista que houve considerável aumento de veículos circulando pela cidade.” Segundo o secretário, em 2003 eram aproximadamente 7.000 veículos; hoje esse número subiu para 18.000.

O projeto da referida obra foi desenvolvido somente pela secretaria de Obras e Urbanismo porque o município não possui um engenheiro de tráfego. Em vista disso segundo o secretário, o foco principal do projeto foi o pedestre e veículos de pequeno porte, além de priorizar a beleza paisagística criando ali um pequeno jardim.  O engenheiro Edson justificou que houve um equivoco na largura da dimensão da curvatura que será corrigida deixando dessa forma, um espaço maior para circulação de veículos de pequeno e médio porte.

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Policia Civil de Pilar do Sul desmonta esquema de tráfico de drogas

Foto: Blog Toni Silva Sorocaba
Desde junho de 2013, a Polícia Civil de Pilar do Sul investiga um bando que vende drogas naquele município: “fornecedores”, “patrões”, “gerente do tráfico” e os “vapores” (que vendem entorpecentes aos usuários).

Para a polícia, os fornecedores são acusados de venderem drogas aos patrões do tráfico em Pilar do Sul. Eles recebem as drogas (crack, cocaína e maconha) fazem mistura para aumentar o lucro, fracionam os entorpecentes e depois entregam os produtos ao gerente deles que desenvolve a tarefa de distribuir os entorpecentes aos chamados pela polícia de "vapores”, que são adolescentes e jovens que vendem entorpecentes, uma parte é paga com drogas para uso próprio (sustentar o vício) e a outra parte é paga supostamente com dinheiro. 

Os policiais ainda souberam que um dos presos guardava drogas numa casa da Avenida Miguel Petrere, Bairro Campo Grande, em Pilar do Sul. Os suspeitos de participar do esquema de venda de drogas chegaram a demarcar território e dividir os bairros para venderem entorpecentes: Santa Cecília, Jardim Pinheiros, Jardim Ipê, Bonanza e Vale Verde.

As informações foram conseguidas por meio de interceptações telefônicas autorizadas pela justiça e, também por depoimento de testemunhas protegidas pelo provimento 32 da Corregedoria de Justiça (que garante sigilo da identidade do depoente). Após descobrir toda ação do bando, a polícia solicitou a prisão preventiva dos envolvidos para responderem presos pelo crime de associação ao tráfico de drogas (artigo 35 da lei 11.343/2006).

A justiça de Pilar do Sul mandou prender dois cunhados, dois irmãos, o gerente do tráfico, os considerados “vapores”, todos residentes em Pilar do Sul. Os entorpecentes eram escondidos em terrenos baldios e matas, mas aconteceu furto de drogas, por esse motivo eles passaram a esconder drogas em casas de vapores.

A polícia pediu bloqueio de conta nos bancos Bradesco e Itaú, porque afirma que o dinheiro movimentado nas contas é do tráfico e a indisponibilidade de imóveis e o sequestro de um veículo usado por um dos presos, porque segundo a polícia o automóvel foi adquirido com dinheiro do tráfico. 

A polícia não conseguiu totalizar a quantidade de drogas que eles movimentavam, porém, acredita que a quantidade era grande, somente em uma negociação um dos presos comentou em dez quilos de entorpecentes. Alguns procurados já estavam presos por outros crimes. Vinte e duas pessoas foram presas entre homens, adolescentes e mulheres mediante ação de policiais civis e militares.

Fonte: Dados colhidos através do Blog Toni Silva Sorocaba





MEGA OPERAÇÃO POLÍCIA CIVIL É REALIZADA EM PILAR DO SUL

Foto: Blog Toni Silva Sorocaba
Mais de 100 policiais civis, coordenados por cerca de 9 delegados em cerca de 40 viaturas, estão nesse momento realizando uma 'Mega Operação' denominada Nascente das Águas II, na cidade de Pilar do Sul.

O objetivo da ação é dar cumprimento a mais de 25 mandados de busca e apreensão expedidos pela justiça, depois de meses de investigações, onde diversos crimes foram apurados e os suspeitos identificados.

De acordo com informações do delegado titular de Pilar do Sul, Milton Andreoli, nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (16/09) já estão presas cerca de 20 pessoas dentre elas adolescentes, homens e mulheres envolvidos com o tráfico de drogas na cidade.

Essa 'Mega Operação' ocorre, concomitantemente, na Capital e em cidades da Grande São Paulo.