sábado, 26 de maio de 2018

Passeata em Pilar do Sul apoia caminhoneiros


No final da tarde deste sábado (26/05), professores, trabalhadores rurais, trabalhadores braçais, autônomos, donas de casa, comerciantes, empresários, motociclistas, ciclistas, motoristas e grande parte da população que caminharam a pé, se reuniram no Portal da Cidade para, juntos, realizarem uma passeata em apoio aos caminhoneiros. Poderia ter um número muito maior se levarmos em conta o número de habitantes desta cidade, mas os que ali estiveram mostraram que querem um Brasil melhor, uma vida mais digna e com mais respeito.
A luta por valores menores no combustível, impostos, pedágios e demais encargos foi iniciada pelos caminhoneiros de vários estados no início desta semana (21/05) e o povo em geral veio desde então apoiando essa manifestação de greve com grande força.
Pilar do Sul não poderia deixar de dar esse apoio, desde o comerciante que durante todos esses dias tem levado a esses caminhoneiros e suas famílias alimentos, água, cobertores e, acima de tudo, "humanidade", até aquela dona de casa que comprou muitos pães, colocou o recheio do seu amor e levou para os caminhoneiros que estão na entrada da cidade.
A passeata foi conduzida pelo "Jaca" do Portal Girou, tudo transcorreu de maneira pacífica e organizada, todos que ali estavam mostravam a indignação por um governo que, durante uma semana não se preocupou com o bem estar do povo, com os doentes, os estudantes que estariam sem transporte perdendo provas, os hospitais que cancelaram cirurgias importantes por falta de várias coisas (obviamente que isso não aconteceu somente agora na greve dos caminhoneiros), enfim, o governo não teve respeito pelas pessoas que nele depositaram seus votos de confiança nas urnas da última eleição.
"Resta saber agora, quando essa greve vai terminar e se isso servirá para que as pessoas que estão cansadas de passarem tantas necessidades, sofrerem as injustiças de um governo corrupto, que rouba milhões dos cofres públicos tirando dos necessitados, dos aposentados, dos hospitais, das escolas, das crianças, irá agora, aprender a gritar pelos seus direitos e aguentar firme, sem ter medo de represália, porque unidos somos mais fortes, podemos mais quando juntamos nossas forças e nos apoiamos uns aos outros para nos fazerem respeitar e valorizar esse povo Brasileiro que veste sua camisa verde e amarela pra lutar pelo seu país com muita garra", desabafa uma mulher que já viu muitas tristezas e injustiças nos seus 66 anos de idade.  
Parabéns a todos que se uniram nessa passeata e nosso apoio ainda é seu CAMINHONEIRO que come terra pelas estradas à fora, colocam suas vidas em risco para nos trazer o alimento até nossa mesa, deixam de lado suas famílias para abrigar as nossas, lutam dia após dia para no final ter um mísero valor para sustento de sua família porque, grande parte dele ficou nos pedágios, na pouca alimentação, nos encargos e no combustível para te locomover de um estado para outro.













sexta-feira, 25 de maio de 2018

Carro capota vitimando mãe e filha na SP 250 entre São Miguel e Pilar do Sul

Foto da rede social
LAÍS DOS SANTOS BERA, 23 anos, conduzia o automóvel Fiat Uno de cor vermelho pela Rodovia Nestor Fogaça (SP 250), ao alcançar o Km 151 daquela rodovia o veículo veio a capotar.

Unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) socorreu Laís e sua filha de um ano e seis meses que também estava no carro.

Mãe e filha foram levadas ao pronto-socorro da Santa Casa de Pilar do Sul, mas Laís morreu a caminho daquele hospital. A criança apresentava ferimentos aparentemente não graves, contudo fora atendida em Pilar do Sul e depois transferida para outro hospital em Sorocaba.

Laís residia no Bairro Jardim Marajoara em Pilar do Sul, era recepcionista no Hospital Beneficência Nipo-Brasileira em São Miguel Arcanjo. Ela estava de folga em São Miguel Arcanjo, sofreu acidente enquanto retornava para Pilar do Sul. O caso aconteceu nesta sexta-feira 25/05 à tarde.

Fonte: Dados colhidos do Blog Sorocaba Noticia

NOTA DE FALECIMENTO

Foto tirada do face

Faleceu nesta sexta-feira (25/05) a jovem LAÍS DOS SANTOS BERA, com 23 anos de idade, vitima de acidente de carro, moradora no bairro Jardim Marajoara.

Seu corpo estará sendo levado na manhã deste sábado (26/05) para o IML de Sorocaba e, ainda não há previsão da chegada em Pilar do Sul para ser velado no velório Municipal.

Seu sepultamento se dará neste sábado (26/05), em horário ainda não definido pela família, no Cemitério Municipal São João Batista, Bairro Centro.

A família enlutada as nossas sinceras condolências e que Deus conforte o coração de todos.

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Caminhoneiros em Pilar do Sul aderem, pacificamente, à greve


 
Manifestação próximo ao trevo da São Manuel
Desde 21 de Maio, caminhoneiros tomaram conta das rodovias em vários estados.

A paralização é um manifesto contra o abuso no valor dos combustíveis (álcool, gasolina e diesel, tarifas nos pedágios e nas taxas das cargas tributárias).

Várias mensagens estão sendo enviadas por whatssap, inclusive a informação de que em Goiânia, bolivianos compram combustível ao custo de R$ 0,80 e R$ 1,20. Então, por que no Brasil o valor hoje chegou, em alguns postos, ao custo absurdo de R$ 9,90? Por que esse imposto ABSURDO? “Gasolina que é do nosso país pode ser vendida a um custo tão pequeno para países de fora e, para nós, que somos os produtores, temos que ser lesados dessa maneira?” desabafa o caminhoneiro revoltado.

Em Pilar do Sul
Em Pilar do Sul a greve está sendo pacifica e os caminhoneiros que hoje completam o quarto dia de paralisação, informaram que estão recebendo apoio da população, ajuda com alimentação, banhos e água dos comerciantes, mas nem tudo são flores; e reclamaram que o poder público e vereadores não apareceram para dar seu apoio mesmo tendo nessa paralisação muitos caminhoneiros desta cidade. Também, muitos munícipes, não estão aceitando que nessa manifestação sejam soltados fogos com barulhos ensurdecedor causando incomodo aos idosos, animais, doentes e recém-nascidos. “Para que esse inferno? Afinal estão lutando por seus direitos, mas não podem respeitar o direito do seu irmão?”, desabafou uma senhora revoltadíssima com esse barulhos que os caminhoneiros fazem com os fogos todas as noites e até de madrugada.

Na rodovia Francisco José Ayub (SP-264) na altura do antigo posto Rugine, enquanto as jornalistas Sueli C. Maita (deste blog) e Geni Alves dos Santos (O Jornal) estiveram no local, puderam observar que tudo corria calmamente. Um caminhão foi parado, mas, ao saberem que se tratava de carga de oxigênio para hospital, foi imediatamente liberado. Boatos de que, existiam “cargas vivas” que estavam paradas e os animais sem alimentação há mais de 50 horas, foram desmentidos (inclusive no jornal da TvTem das 19h00), assim como também estavam sendo liberadas as cargas de medicamentos.

Já um veículo com placas de Capela do Alto, não respeitou o sinal de parada na altura no Atlantic Halls, quase atropelou um rapaz e, na altura do matadouro foi novamente alertado a parar e, fazendo zig zag entre as pessoas, teve o vidro da frente danificado pelos caminhoneiros; o motorista se viu obrigado a parar e ali largou seu veículo, sob protesto, pegando carona em outro veículo de passeio.

Acabou o combustível em quase todos os postos de Pilar do Sul
Ainda na parte da manhã desta quinta-feira (24/05), vários postos de Pilar do Sul já estavam sem atendimento ao público devido a falta de combustível. Na parte da tarde, os que ainda eram mantidos abertos só estavam vendendo álcool, mas no final da tarde não existia mais nenhum tipo de combustível, pois os caminhões que deveriam chegar para abastecimento das bombas estavam parados nas rodovias.

Apoio aos caminhoneiros
Todos nós temos sim o dever patriota de apoiar essa grave, pois, não se trata exclusivamente de manifesto de caminhoneiros, trata-se de defender nossos direitos de cidadãos e fazer parar esse abuso de aumentos com tudo que necessitamos (alimentos, combustível, passagens, roupas, remédios, material escolar, etc...), o povo tem que começar a levantar a cabeça e aprender que, unidos somos fortes, nossa arma poderosa é o NOSSO VOTO nas urnas, chega de aceitarmos tudo calados, achar que as coisas vão melhorar que os poderosos irão olhar para os fracos, LEVANTA BRASIL”, desabafa um munícipe que já não aguenta mais ter que viver com sua mísera aposentadoria de um salário mínimo e não ter certeza se no próximo mês, conseguirá pagar seu aluguel, luz, água, comprar seus remédios ou comprar o alimento para colocar na mesa para sua família.

De acordo com informações na mídia na noite desta quinta-feira (24/05), pode ser que a previsão para o encerramento da greve ocorra à partir de amanhã (25/05) mas, por enquanto, os caminhoneiros afirmam que não há previsão para o encerramento.





 Manifestação em frente ao Posto Rugine

Manifestação próximo ao Matadouro

Veículo que não respeitou ao sinal de parada próximo ao matadouro







terça-feira, 22 de maio de 2018

PROCURA-SE URGENTE

Este lindo cachorro SRD, atende pelo nome de Thor, desapareceu no ultimo dia 19 de Maio do Bairro Chácaras Reunidas, em Pilar do Sul.
Sua proprietária esta muito triste com seu desaparecimento e pede por favor, quem o encontrou ou souber onde possa estar entrem em contato pelos telefones: (11) 97104.2814 - (11) 99518.2249 falar com Maria Aparecida ou (15) 99605.6573 falar com Sueli.




domingo, 20 de maio de 2018

NOTA DE FALECIMENTO

Foto encaminhada pela família

Faleceu neste domingo (20/05), HELENA GOMES DE ALMEIDA CARVALHO, com 51 anos de idade, moradora no Bairro Jardim Esperança, em Pilar do Sul.

Seu corpo estará sendo velado no Velório Municipal, Bairro Centro.

Seu sepultamento se dará neste domingo (20/05), às 17:00 horas, no Cemitério Municipal São João Batista, Bairro Centro, Pilar do Sul.

A família enlutada as nossas condolências.

sábado, 19 de maio de 2018

Condenado no Júri Popular em Pilar do Sul sai da sessão algemado e levado ao Sistema Penal



    ACUSADO por tentativa de homicídio (artigo 121 combinado com artigo 14, ambos do Código Penal), Adérson Aparecido de Almeida sentou-se no banco dos réus em Pilar do Sul e ao termino da sessão saiu algemado e levado ao Sistema Penal.

    A promotora de justiça Patricia Manzella Trita manteve tese de acusação nos termos da denúncia. O advogado José Carlos Bachir defendeu inocência do acusado, que desde a instrução criminal afirmava ser inocente pois segundo ele, não esteve no local dos fatos. Os jurados deliberaram pela condenação. 

    O juiz Ricardo Galvão impôs condenação por 09 anos e 04 meses de reclusão em regime inicial fechado e decretou a prisão do réu. Adérson esteve solto durante o inquérito e na primeira fase do processo (réu solto).

                 Dinâmica dos fatos

    Em 09 de maio de 2013, o rapaz Anderson Aparecido de Almeida (filho do condenado Adérson) participava de uma festa num imóvel localizado na Rua Santo Antonio, Centro de Pilar do Sul, por motivo passional Anderson Almeida discutiu com Leandro Firmino de Campos e tentaram agressão mútua, mas não aconteceu por intervenção de terceiros.

   Ao término da festa os dois e os demais participantes saíram do local, em plena rua ambos reiniciaram a discussão e houve confronto físico, o pai de Anderson Almeida, o Adérson Aparecido foi buscar o filho e viu o mesmo brigando com Leandro. 

    Adérson Almeida (agora condenado) armou-se com um objeto pontiagudo (depois soube-se ser chave de fenda), e desferiu golpes em Leandro. Depois disso pai e filho fugiram. Todos envolvidos são da mesma cidade. Plenária do júri ocorreu quinta-feira, 17/05. 

Fonte: Dados colhidos do Blog Sorocaba Noticia