quinta-feira, 27 de junho de 2013

É a lei da semeadura

Quem planta colhe, o povo brasileiro cansou de ser hostilizado 
O povo brasileiro cansou de ser hostilizado e saiu às ruas, e isso surpreendeu os governantes das três esferas: Municipal, Estadual e Federal e demais autoridades. Ora, não poderia ser diferente, porque um povo que nas últimas décadas foi ignorado e até humilhado, pois suas reivindicações eram recebidas, mas não eram pelo menos analisadas e nem discutiam medidas de solução. As autoridades desse país faziam o que queriam, sem o mínimo receio que estivessem prejudicando os cidadãos. O que importava para elas, era somente seus interesses.

O povo cansou desse comportamento das autoridades. Estamos vendo as autoridades legislativas votando propostas que estavam engavetadas há anos, e são proposituras que o povo vinha pedindo discussão e votação, mas as autoridades não queriam por que acreditavam que o povo brasileiro nunca iria botar a boca no trombone como está esta acontecendo hoje nas ruas.

Nesta quarta-feira (26/06), o Congresso tornou a corrupção um crime hediondo. E no Judiciário, os manifestos serviram como combustível para o STF - Supremo Tribunal Federal, mandar prender um deputado federal que está condenado a cumprir 13 anos de reclusão, em regime fechado, acusado de praticar peculato e formação de quadrilha, todavia está em pleno exercício do mandato. Fato inédito no país. Se não fossem as manifestações essas decisões não ocorreriam. 

Não há outra classificação para as autoridades brasileiras, indecentes, cínicas e inúteis. Em meio às ondas de protestos vivemos um momento perigoso visto que a qualquer instante as autoridades poderão usar força desnecessária e até armas para querer obrigar o povo sair das ruas, e isso pode gerar derramamento de sangue neste país.

A situação atual mostra um povo revoltado, e às autoridades querendo resolver um problema que foi criado ao longo dos anos. Claro que tantos desmandos não serão sanados do dia para noite. É hora dos governantes ouvirem os reclamos da população e produzirem uma ampla pauta urgente, para implantar o que o povo quer, porque se isto não for feito, só Deus sabe o que poderá acontecer. A cada dia que passa mais gente vai às ruas e gritam em alta voz, “muita coisa tem que mudar nesse país”. Merece Reflexão 

Jornalista Toni Silva


Nenhum comentário:

Postar um comentário