sábado, 28 de dezembro de 2013

Grupo de 31 jovens e adolescentes foge da Fundação Casa

Até o momento, 19 foram capturados e 12 continuam foragidos. Grupo especializado em contenção de crise das unidades prisionais chegou da capital para auxiliar nas buscas

Os adolescentes capturados foram levados pela Polícia Militar 
de volta à Fundação Casa - Emidio Marques

Um grupo de 31 internos da Fundação Casa 2, localizada em Aparecidinha, fugiu do local no início da tarde deste sábado (28/12). Até o momento, 16 jovens e adolescentes foram capturados e já estão na unidade, outros 3 ainda deverão chegar ao local. Portanto ainda existem 12 deles foragidos. A Fundação Casa se pronunciou, via assessoria de imprensa sobre o ocorrido, informando que até mesmo funcionários ficaram feridos, já que foram rendidos pelos adolescentes.

A movimentação começou por volta das 11h, quando o grupo de 31 internos, que almoçavam no refeitório do local, renderam os funcionários de plantão e iniciaram a fuga. Eles conseguiram subir na caixa d'água, de onde pularam para um terreno baldio, localizado ao lado da unidade. Eles correram pelos fundos desse terreno, que dá acesso a muitos sítios. Segundo informações coletadas no local, a intenção dos refugiados era se esconder nas casas dos moradores do entorno, porém como isso não foi permitido, parte deles foi capturada.

A maioria dos adolescentes que fugiram da Fundação Casa eram de Sorocaba. Os outros eram advindos de cidades como Itu, Boituva, Votorantim e Pilar do Sul.

Por volta das 13h35, duas vans do governo do Estado de São Paulo chegaram até Aparecidinha. Nelas estavam cerca de 20 homens que compõem o chamado Grupo de Apoio, especializado em contenções de crise nas unidades prisionais. Eles portavam capacetes, cassetetes e escudos de proteção, para auxiliar na procura dos 13 jovens e adolescentes que continuam foragidos. 

Fundação Casa investiga o ocorrido

De acordo com nota enviada pela assessoria da Fundação Casa, a Corregedoria do local investiga, em sindicância, as circunstâncias que levaram à fuga do grupo de 31 adolescentes que cumpriam medida socioeducativa de internação na unidade 2. No momento da fuga, três funcionários do local ficaram levemente feridos, porém todos passarão por atendimento médico preventivo. A assessoria ainda informa que os familiares dos adolescentes, assim como o Judiciário e o Ministério Público, serão avisados sobre a ocorrência. Além disso, todos os adolescentes envolvidos passarão pela Comissão de Avaliação Disciplinar (CAD).

A unidade 2 da Fundação Casa, situada no bairro Aparecidinha, possui, atualmente, 50 adolescente internados, tendo a capacidade para abrigar 64. 


Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul


Nenhum comentário:

Postar um comentário