sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Homem é condenado a 28 anos de prisão por torturar e matar cães

Foto: MyNews4.com
Jason Shilo Brown foi condenado no início do mês a 28 anos de prisão por torturar, assassinar e desmembrar sete cães.

O jovem de 25 anos foi preso no ano passado depois de cabeças e outras partes de cães serem descobertas em um quarto de hotel na cidade de Reno, em Nevada, nos Estados Unidos.

O juiz, o promotor e o advogado de defesa do caso afirmaram que esse foi um dos crimes mais terríveis que eles já viram em suas práticas jurídicas. Pelo menos quatro animais foram decapitados.

Com a investigação foram descobertas fitas de vídeo com cenas das torturas. “Essas imagens que assisti, nunca vou esquecer”, afirmou o juiz Elliott Sattler antes de pedir a pena máxima para o que ele descreveu como um crime bárbaro. “A crueldade, o sadismo que você exibiu é simplesmente chocante”, disse ele. “A parte que me assustou mais sobre os vídeos é que você produziu-os em primeiro lugar. Isso me diz que você quis voltar e vê-los novamente, como um troféu. Você assistiu com os seus amigos e riu”, disse Sattler ao réu.

Segundo Brown, na época eles estavam sobre o efeito de drogas e não tem lembrança dos eventos.

Durante o julgamento Brown ficou algemado e usou um colete à prova de balas. As medidas foram tomadas para sua própria segurança, pois o caso gerou muita comoção na região.

A sentença foi classificada como histórica para um caso de crueldade com animais. Brown é a pessoa condenada há mais tempo por maltratar e assassinar cães.

No Brasil, Dalva Lima da Silva foi condenada a 12 anos de prisão por matar com injeções letais 37 animais entre cães e gatos em 2012, em São Paulo. Após mais de dez anos se passando por protetora de animais, Dalva foi denunciada e descoberta.

Segundo estudos do FBI, na sua grande maioria (cerca de 80%), os psicopatas começam a carreira matando animais. O alvo predileto: criaturas frágeis, ingênuas, indefesas, fáceis de enganar, capturar e manter sob seu domínio e os animais se enquadram em todos os itens, assim como as crianças, mulheres e idosos que, numa segunda etapa da vida de um psicopata, podem se tornar seus alvos.

Fonte: ANDA Agência de Noticias de Direitos Animais

OBS: Protetores e ativistas estão sempre postando nas redes sociais e na mídia, sobre esse perfil das pessoas que fazem crueldades contra os animais, incluindo ENVENENAMENTO e, orientando-as que, o primeiro passo, a ser tomado é a elaboração de um Boletim de Ocorrência para que, a policia, possa ter uma margem das regiões onde os crimes contra animais são mais praticados e possam dessa maneira, estar fazendo uma investigação mais rigorosa.

Infelizmente muitos não querem se comprometer com a vizinhança e acaba deixando o fato passar, se esquecendo do que foi dito nesta matéria: os psicopatas começam a carreira matando animais. O alvo predileto: criaturas frágeis, ingênuas, indefesas, fáceis de enganar, capturar e manter sob seu domínio e os animais se enquadram em todos os itens, assim como as crianças, mulheres e idosos que, numa segunda etapa da vida de um psicopata, podem se tornar seus alvos”, isso é muito importante que as pessoas que tem seus animais mortos por envenenamento ou outro forma qualquer, entendam, enquanto elas deixarem esses monstros a solta pelo fato de terem perdido apenas um animal, amanhã poderão estar chorando “lagrimas de sangue” por perderem um ente querido nas mãos desses psicopatas.

Maltratar animal é crime e dá cadeia, basta apenas a população e a justiça fazerem a sua parte para que essas crueldades contra vidas inocentes, tenha um fim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário