sábado, 2 de janeiro de 2016

CHUVAS FORTES DA MADRUGADA PREJUDIAM VÁRIOS PONTOS EM PILAR DO SUL


Muito tem chovido nos últimos dias em Pilar do Sul, mas, as fortes chuvas que caíram durante toda a madrugada deste Sábado (02/01) e nas primeiras horas da manhã, deixaram ruas cobertas pela lama, casas alagadas onde famílias perderam mantimentos, roupas, documentos e até animais de estimação.

Um dos bairros rurais atingido foi o Bairro do Sossego onde as pessoas estão ilhadas, não podem vir para a cidade e nem irem da cidade para suas casas. No trevo da cidade (uma das principais entradas) a quantidade de água que atravessou a rodovia foi tão grande que chegou até o Auto Posto BR/Carvalho, na Av. Dom Lucio Antunes de Souza.

As fotos abaixo mostram a Rua Capitão Marques (atrás do Supermercado Rugine), por volta das 03:30 onde a água do rio cobriu totalmente a rua e atingiu as casas, nas primeiras horas da manhã quando a chuva deu uma pausa da para se notar o rio ainda muito cheio.


Fotos encaminhadas por Marcos Barbosa de Oliveira

A Cooperativa de reciclagem ficou totalmente alagada, a dona Elza que mora no local e alguns moradores também da mesma rua, perderam tudo (conforme mostram as fotos). A população agora deve se unir e arrecadar alimentos, roupas, móveis, utensílios domésticos para socorrer todas as famílias que perderam tudo em vários pontos da cidade, bairros e zonas rurais.




Fotos encaminhadas por Sonia Vieira
Diversos pontos de alagamentos e inundações em residências foram registrados pela defesa civil, deslizamentos de barrancos, quedas de muros de arrimo, carros alagados, famílias ilhadas, lixos e entulhos levados pelas correntezas deixaram as ruas intransitáveis.

Avenida Ivone Antunes de Campos (Foto Geni "O Jornal")
Marginal Beira Rio (Fotos Geni "O Jornal")
Portão da Cooperativa e Defesa Civil retirando pertences da
Casa da Cooperativa (Fotos: Geni "O Jornal")
Estrada Pilar/Tapirai, Bairro Turvo dos Goes Foto de Pedro Luis Bueno
A TV Tem esteve em diversos locais na parte da tarde registrando o ocorrido e ouvindo alguns relatos dos moradores que foram atingidos, bem como a defesa civil do município.



Nenhum comentário:

Postar um comentário