quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Justiça de SP mantém proibição a rodeio em Barretos


O Órgão Especial do Tribunal de Justiça de São Paulo decidiu, por unanimidade, manter vedação a qualquer tipo de prova de laço e/ou vaquejada no município de Barretos, no interior. O pedido foi feito pelo procurador-geral de Justiça de São Paulo em Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) requerendo a revogação de lei que permitia as práticas.

Segundo o desembargador Péricles Piza, relator da ação, a norma em questão, que permite as atividades, “não se coaduna com os preceitos constitucionais vigentes. Isto porque, o ordenamento pátrio procurou zelar pela preservação do meio ambiente, consubstanciado em sua fauna e flora, rechaçando qualquer tipo de crueldade contra animais”.

Em seu voto, o magistrado cita parecer técnico sobre rodeios e avaliação das provas de laço, ambos da Faculdade de Medicina Veterinária e Zooctenia da Universidade de São Paulo, que deixam claro “que é irrefutável o sofrimento físico e mental suportados pelos animais submetidos às essas provas, caracterizando maus tratos, injúrias e ferimentos”, assinalou o relator.

“O argumento de ‘manifestação cultural’ não pode ser o suficiente para permitir e justificar que determinadas práticas, em evidente submissão de animais a crueldades, sejam realizadas”, escreveu Piza. O vota ainda destaca que a Festa do Peão de Barretos não está proibida, apenas a realização das provas de laço e vaquejada, “o que, diante de todas as outras inúmeras atividades ocorridas, inclusive atrações musicais de grande expressão nacional, em nada alteraria o público e o lucro financeiro”, afirmou o desembargador.

Fonte: Redação/RedeTV

Nr:- Com certeza, um dia muito próximo, essas e outras práticas com animais estarão de vez banidas da face da terra e, os organizadores de eventos entenderão que, não há necessidade de se usar animais para atrair público numa festa, mas sim, atrações mais sadias e sem sofrimento a vidas inocentes. As pessoas coerentes não vão a festas grandes como essa de Barretos, por exemplo, para assistirem rodeios, vão para curtir seus ídolos nos shows que são exibidos, estão cansados de ver o sofrimento dos animais expostos em rodeios.




Nenhum comentário:

Postar um comentário