segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Funcionários públicos de Pilar do Sul fazem ato público em frente ao Paço Municipal



Convocados pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sindipub), aproximadamente 250 funcionários compareceram a um ato público em frente ao Paço Municipal de Pilar do Sul, às 7h00, hoje (22/02).

Os funcionários públicos estão mobilizados desde janeiro de 2016, quando houve assembleia para levar à apreciação deles a proposta da administração sobre repasse salarial e vale alimentação. Os funcionários presentes à assembleia não aceitaram a proposta.

No ato público de hoje os funcionários públicos reiteraram a rejeição à proposta da administração, reivindicando o repasse inflacionário de 10,48% e a valorização do ticket vale alimentação.

Segundo Ovídio José de Goes, presidente do sindicato, as reuniões com a administração começaram no dia 22 de janeiro de 2016 e a proposta foi de repassar 6,5% em fevereiro (não retroativo); o restante seria discutido a partir de maio. O ticket Vale Alimentação, de 1,08 VRM (Valor de Referência Municipal) iria para 1,15 VRM.

Na assembleia de 27 de janeiro, a proposta foi novamente rejeitada pelos funcionários públicos, que pediram à administração que assumisse o compromisso de ser pago os 4% no mês de maio de 2016 e retroativos. Houve reunião com a administração dia 02 de fevereiro, que manteve os índices já apresentados, novamente recusados em assembleia. “Em nova reunião com a administração, os índices inflacionários foram mantidos: 6,5%, com compromisso em pagar os 4% em outubro, não retroativo, que foi reprovada pela assembleia”, diz o presidente.

No dia 17 de fevereiro, outra reunião com a administração manteve os índices de 6,5% e os 4% restantes em outubro, todos não retroativos; o valor do ticket alimentação passaria de 1,08 VRM para 1,28 VRM. “Hoje (22/02) com um ato público os servidores aprovaram que na quarta-feira (24/02), quando já estaremos com a proposta final da administração (se aceita ou não repassar 10,48%), faremos uma nova assembleia para levar ao conhecimento dos funcionários. Caso seja negativo, entraremos em greve”, salienta o presidente.

Ainda segundo o presidente, na terça-feira (23/02) haverá uma reunião na Gerência Regional do Trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego (M.T.E.).

(Fonte: Sindicato dos Servidores Públicos Municipais)

Fotos do Face Sindipub


Nenhum comentário:

Postar um comentário