terça-feira, 10 de maio de 2016

Cometa tem serviço desativado em Pilar do Sul e causa transtornos aos usuários

Assim, os usuários encontram o guichê da rodoviária de Pilar do Sul
quando chegam para comprar passagens
Desde o dia 1º de Abril/2016, a empresa Viação Cometa deixou de prestar os serviços de transporte de passageiros para as cidades de Sorocaba e São Paulo. A viação Cometa oferece desde então, somente o transporte para São Paulo de segunda à sábado às 06h15 e aos domingos 10h e 15h50.

Os serviços de transporte de passageiros para Sorocaba passou desde o dia 1º de abril, a ser oferecido pela empresa Viação São José, foi então que os problemas começaram e a população que utiliza esse serviço muito vem reclamando.

1º.- Segundo orientação do responsável da EMTU Luiz Gustavo, para que o usuário saiba os horário que a empresa opera nesse percurso, basta acessar o site www.emtu.sp.gov.br, selecionar “eu estou em São Miguel Arcanjo (porque o ônibus vem dessa cidade) e quero ir para Sorocaba”, clicar OK, abrirá duas linhas, clicar em 6333, aparecerá os percursos, tarifas, tempo de percurso e os horários de partida. O que ocorre com essa informação é que: os horários que estão afixados na parede da rodoviária de Pilar do Sul, não tem nada haver com os horários que saem de São Miguel e deveriam estar passando aqui em nossa cidade;

2º. O horário das 08hs por ter um numero maior de procura e por ter somente o motorista que faz a cobrança das passagens, esse ônibus acaba saindo de Pilar por volta das 08h20, com isso, quem tem compromisso marcado em Sorocaba acaba se atrasando e muitas vezes perdendo-os;

3º. Os passageiros que residem ao longo da rodovia SP 264 e que ficam em pontos estratégicos aguardando o ônibus passar, reclamam que esses ônibus não estão mais parando e dessa forma, acabam tendo que vir até a rodoviária de Pilar para poderem pegar um ônibus para Sorocaba, dificultando dessa forma seus compromissos e a parte financeira, são obrigados a pagar duas passagens;

Este blog conversou com o senhor secretário de gabinete, Beto Jordão que disse desconhecia esses problemas, pois, não foi esse serviço que fora oferecido pela empresa EMTU quando de uma reunião com a senhora prefeita e, passou os contatos para que apurássemos essas informações. Enviei um email para ziliao@EMTU.SP.Gov.br aos cuidados do senhor Edson Thomaz Zilião Gerente da GRC-Gerencia Regional de Campinas na data de 05/05 conforme me foi orientado pelo senhor Luiz Gustavo, relatando os ocorridos e solicitando também, alguém para fazer essa fiscalização aqui em nossa cidade, e nos informassem com antecedência dessa visita, para podermos acompanhar as providências que serão tomadas.

Até o fechamento desta matéria, não houve uma resposta ao email encaminhado mas, assim que isso ocorrer será notificado à população essa resposta.

Nos ônibus da empresa São José consta um numero de telefone (0800) onde os usuários, devem ligar para fazer qualquer tipo de reclamação (manutenção e conservação dos veículos, atendimento por parte dos motoristas, horários, tarifas e etc).

Os usuários reclamam também que, a prefeitura deveria ter colocado um funcionário ou estagiário no guichê que antes atendia aos passageiros, para darem uma orientação melhor, pois muitos ainda desconhecem essa mudança e acabam chegando na rodoviária, vindo de sitio e bairros distantes para pegarem os ônibus que estavam acostumados e, dão com a cara na porta (guichê fechado) ficam ali, sem saber o que fazer, pois o transporte que os trouxe até esse local, não os tem mais e terão que ficar horas esperando outro transporte para voltarem às suas casas, quando os horários dos ônibus atuais não podem suprir suas necessidades.

A rodoviária que já era um local precário, pois, a conservação do local (cartão de visita de Pilar do Sul) estava há muito deteriorada, conforme mostram as fotos, agora esta totalmente às moscas sem ninguém para fiscalizar os serviços ou mesmo para realizar os reparos necessários (vazamento de água do telhado, portas enferrujadas e que não estão fechando adequadamente, banheiros deteriorados, bancos quebrados, pessoas que usam à noite a rodoviária para dormirem, consumirem bebida alcoólica, e fazendo suas necessidades fisiológicas no local, onde na manhã seguinte, as pessoas chegam para pegarem seu transporte e são obrigados a ficarem ali sentindo o forte odor deixado pelos usuários andarilhos).





A população espera que os órgãos competentes tomem as medidas cabíveis o mais rápido possível, pois a rodoviária é um local onde muitos visitantes ali circulam e, é uma vergonha para a cidade mostrar o local nesse estado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário