terça-feira, 5 de julho de 2016

O mundo se comoveu com o trágico acidente que aconteceu no Paraná


Acidente no PR: pais saíram do carro em chamas para salvar bebê antes de explosão
Justiça arbitrou fiança para motorista de caminhão-tanque  (Foto: Divulgação / Polícia Rodoviária Federal)
O casal que salvou a vida da filha durante acidente com caminhão tanque no Paraná conseguiu sair do carro em chamas para salvar o bebê. Segundo testemunhas, a criança viajava em um bebê conforto e os pais da criança conseguiram proteger a filha. A menina não teve ferimentos.

O caso da criança ainda era um mistério até esta segunda-feira (04/07), quando a avó da menina procurou o Hospital Evangélico, em Curitiba, e reconheceu a criança como sendo sua neta. Ela contou que a filha e o genro viajaram com o bebê para visita-la.

A menina de apenas 17 dias era filha de Caroline Grassmann, de 22 anos, e de Luiz Carlos Silva, de 27 anos. Os dois morreram no local do acidente. A mulher teve diversas queimaduras, mas seu corpo não estava carbonizado. O homem teve seu corpo encontrado horas antes do da mulher.

Outras três pessoas morreram no acidente e outras 13 ficaram feridas. Cinco delas precisaram ser encaminhadas para hospitais de Curitiba, São José dos Pinhais e Paranaguá.

O motorista do caminhão sobreviveu e deve ser indiciado por homicídio doloso. Ele foi autuado em flagrante, pois, de acordo com a Polícia Civil, o painel do veículo já tinha apontado uma falha no freio. Mesmo assim, o caminhoneiro seguiu viagem e assumiu o risco de uma tragédia.

Fonte: Do R7, com Rede Record

Nenhum comentário:

Postar um comentário