sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Munícipes dizem que Pilar do Sul é hoje uma “Cidade abandonada”


A população de Pilar do Sul, não aguenta mais tamanho descaso com aquela que, até então, podiam chamar de cidade maravilhosa, aconchegante, gostosa de viver em paz e segurança. Entra ano, sai ano e nada se fez para, pelo menos, manter a manutenção das ruas que a cada dia se perdem em meio a tantos buracos e sem calçadas.

Terrenos sujos e com mato alto trazem cada dia mais, animais peçonhentos para dentro das casas como caramujos, baratas, ratos, cobras, aranhas e até escorpiões que já foram encontrados, trazendo risco à saúde dos moradores, crianças e animais.

Motoristas reclamam: “Não tem condições, a gente economiza anos a fim de poder comprar um carro zero, não se consegue andar por três meses e, o carro mais parece uma carroça com tanto barulho por causa dos buracos que temos que enfrentar no dia/dia, não tem amortecedor que resista por muito tempo, vamos ter que começar a entrar no Ministério Público para exigir que a prefeitura ressarça os custos com manutenção dos nossos veículos”.

A lógica diz: “Pedestre tem que andar na calçada, a rua foi feita para veículos”, mas, que jeito? Você vem andando pela calçada, logo adiante a calçada terminou e começam matos e buracos; para desviar o pedestre tem que utilizar a rua: ou ele é atropelado ou cai em outro buraco.

Os munícipes e visitantes desabafam: “Nunca nossa cidade esteve numa situação tão precária e abandonada como esta agora”.




 As fotos mostram buracos e calçadas APENAS de duas ruas no Bairro Jardim Marajoara: Rua Josefa da Silva Guerra Maia e Rua Antonio Araujo/Major Euzébio de Moraes Cunha.







Nenhum comentário:

Postar um comentário