sábado, 11 de fevereiro de 2017

Prefeito deixa de realizar Feaps, pensando primeiramente nas prioridades de sua cidade e população


O Prefeito Antonio José Pereira (Toninho da Padaria), em comum acordo com seu vice Marco Aurélio Soares e seus secretariados decidiu que neste ano (2017) a Festa da FEAPS não será realizada.

Não é novidade para ninguém que a atual situação do município é bem precária: ruas esburacadas, estradas rurais em péssimo estado, falta de manutenção e muitos veículos/máquinas parados, córregos sujos transbordando nas fortes chuvas, pontes que caíram e não foram reconstruídas nos últimos anos, falta de segurança e instalação de câmeras em pontos de maior incidência e muitas outras necessidades que o município está carente.

A realização de uma festa como a Feaps necessita de um planejamento bem elaborado e com tempo hábil, para oferecer qualidade e menos investimento, o que no momento não se pode ter, afinal a atual administração assumiu há pouco mais de um mês e encontrou um quadro diferente do anunciado na transferência de posse. Por isso, o governo estará iniciando nos próximos meses o planejamento e a comissão organizadora da Feaps para 2018.

Funcionários públicos são designados para a realização dos trabalhos em uma Feaps (pintura, parte elétrica, limpeza, montagem de estandes e arquibancadas e outros serviços), deixando assim a cidade totalmente descoberta. A não realização da festa possibilitará evitar gastos excessivos que serão utilizados em contra partidas de obras que estão acontecendo na cidade através de convênios que foram conquistados, mas se não houver a contra partida, as obras não poderão ser realizadas.

Toninho da Padaria disse que é preciso apoiar mais o homem do campo melhorando as estradas rurais. “Ele representa nossa economia, além de gerar muitos empregos”, diz. “Minha prioridade é aumentar o quadro de médicos nos postos de saúde para oferecer um melhor atendimento à população”, afirmou Toninho em entrevista recente ao “O Jornal”.

O prefeito e sua equipe entendem que é importante tomar essa atitude mesmo deixando poucos descontentes, mas as prioridades que nossa cidade exige são mais importantes do que a realização de uma festa e espera poder contar com a compreensão e paciência de toda a população. “Estamos trabalhando intensamente para podermos voltar a ter uma cidade organizada, limpa, segura e, assim, todos poderem desfrutar das benfeitorias que estamos realizando na medida do possível; no início de cada mudança de governo as coisas são complicadas, mas nada que com paciência e boa vontade de todos, governo e população, não se possa resolver, quem não tem dinheiro não faz festa”, enfatiza Toninho da Padaria.





2 comentários:

  1. Boa decisão! As vezes é preciso dar alguns passos para trás para pegar impulso para chegar mais longe.!!!

    ResponderExcluir
  2. Concordo, porém poderia cancelar o carnaval também

    ResponderExcluir