quarta-feira, 15 de março de 2017

Mulher que lançou gasolina e ateou fogo no marido é condenada a 14 anos em Pilar do Sul


O conselho de sentença em Pilar do Sul reconheceu culpabilidade de Tania Michels Behn, com 43 anos de idade, que esteve no banco dos réus para ser julgada na manhã desta quarta-feira, (15/03), no plenário da Câmara Municipal, acusada de cometer homicídio triplamente qualificado na noite de 25 de junho de 2011, quando lançou líquido inflamável sobre o marido e em seguida ateou fogo (artigo 121 parágrafo 2º inciso II, III e IV do Código Penal).

O homem saiu correndo para a rua com o corpo em chamas gritando por socorro. Vizinhos socorreram Vanilton Coelho da Silva, de 40 anos, que sofreu queimaduras em 70% do corpo. Ele esteve internado por 17 dias, mas, no dia 12 de Julho não resistindo às queimaduras veio à óbito.

O crime ocorreu na residência do casal, situada na Rua Isabel Bueno Gonçalves, no Bairro Jardim Nova Pilar, em Pilar do Sul.  Após o resultado da votação pelos sete jurados, o juiz da comarca de Pilar do Sul Dr. Ricardo Augusto Galvão de Souza, anunciou a pena de 14 anos de reclusão, em regime inicialmente fechado. Tania vai poder recorrer da sentença em liberdade.

Dados colhidos do blog: Sorocaba Noticias


Nenhum comentário:

Postar um comentário