domingo, 14 de maio de 2017

Agricultores investem em mudas prontas para obter melhor produtividade

A terra é misturada com fibra de coco, que garante melhor sustentação para a semente, e em seguida vai para bandejas de isopor (Foto: Reprodução/TVTEM)

Segundo produtores de Piedade e Pilar do Sul, perdas diminuem quando as plantações de hortaliças são preparadas com mudas de qualidade

A expressão “a gente colhe o que planta” merece uma pequena adaptação no campo, afinal o agricultor colhe o que planta... E como planta! Isso porque a qualidade das mudas é muito importante para garantir uma boa produtividade.

O processo é longo para que uma semente torne-se uma boa muda. No viveiro de Harayuki Saziki, em Piedade (SP), o trabalho de preparar as sementes para o plantio começa cedo. Ele produz mudas há 18 anos.

A terra é misturada com fibra de coco, que garante melhor sustentação para a semente, e depois vai para as bandejas de isopor. O passo seguinte é a câmara de germinação, onde as bandejas ficam por 12 horas a uma temperatura média de 23 graus. Após 30 dias em uma estufa, as mudas estão prontas para o plantio.

O agrônomo Luiz Henrique de Carvalho explica que a qualidade das hortaliças depende do uso de uma boa semente, e da produção da muda de maneira correta. Ele diz que 70% dos pequenos e médios produtores de hortaliças já usam mudas produzidas em lugares especializados.

O agricultor Márcio Aparecido da Cruz planta alface em Pilar do Sul (SP) e há 19 anos utiliza mudas prontas. Ele conta que isso permite um aproveitamento de 99% do que é plantado. Se fosse plantar as mudas por conta própria, a perda ficaria em torno de 40%.

Fonte: Nosso Campo, TV TEM

Nenhum comentário:

Postar um comentário