terça-feira, 2 de maio de 2017

Vereador que trabalha na Prefeitura de Pilar do Sul é condenado por exigir vantagem de mutuária da CDHU


Em fevereiro de 2016, a Sra. Maria Alice de Carvalho, residente no Bairro do Turvo, em Pilar do Sul, recebeu notificação de que haviam parcelas atrasadas referentes uma casa dela do sistema mutuário CDHU.

Na época, Agnaldo Silvestre da Cruz era agente habitacional do município, a mulher o procurou e obteve informações a respeito de possíveis consequências sobre a pendência desse débito. Maria Alice quitou as parcelas atrasadas e a casa estava alugada.

Sabendo que o imóvel não poderia ser locado, o agente habitacional Agnaldo Silvestre procurou o esposo da senhora Maria Alice e disse ao homem que a locação do imóvel poderia resultar em perda da unidade habitacional. Agnaldo Silvestre pediu então a quantia de R$ 2 mil para que ele (Agnaldo) instaurasse um processo administrativo que evitasse a possibilidade da perda desse imóvel. O homem pagou a quantia exigida por ele.

Posteriormente, o caso foi levado aos "ouvidos" da Polícia e tornou-se objeto de denúncia pelo Ministério Público em Pilar do Sul, que pugnou pela condenação de Agnaldo Silvestre, atual vereador pelo PDT naquele município.

Em 06 de abril de 2017, Ricardo Augusto Galvão de Souza, juiz da comarca de Pilar do Sul, condenou Agnaldo Silvestre a pagar para a vítima o montante de R$ 2 mil e ao pagamento de multa. O vereador recorreu da sentença. O Tribunal de Justiça ainda vai decidir.

A condenação foi imposta porque o juiz entendeu que na época Agnaldo Silvestre utilizou do cargo de agente habitacional para obter vantagem para si, (concussão) previsto no artigo 316 do Código Penal.


Fonte: Sorocaba Noticias

3 comentários:

  1. Esse é os nossos representantes belo exemplo tem que caçar esse pilantra quanto pessoa de carácter que podia ter sido eleito e o povo elege um mal carácter desse tem que botar na cadeia

    ResponderExcluir
  2. Ainda tem pessoas que consideravam como defensor dos funcionários públicos eu nunca acreditei nesse camarada cade o exemplo como homem publico, e ainda recorre dá sentença para não querer pagar é pracaba como dizemos na linguagem Caipira e com orgulho, detesto esse tipo de pessoa que se esconde atrás de certas organizações só para tirar proveito

    ResponderExcluir
  3. Bom dia ,um.fato nao justifica o outro e agora vao tirar a casa dessa familia que como muitos tem outras casas.Que nem o meu caso que nao tenho um teto vao fazer justica de ambas partes

    ResponderExcluir