terça-feira, 27 de junho de 2017

A população está sentindo falta da saudosa Pilar do Sul

Ponte danificada nas ultimas chuvas (05/06)

Moradores e visitantes dizem que estão sentindo muita falta de uma cidade onde, até muito pouco tempo atrás, se podia passear nas praças públicas, almoçar ou jantar nos comércios, fazer suas caminhadas e até usarem as academias ao ar livre a qualquer hora do dia, fazer suas compras de mercado quando saíssem de seus trabalhos.

Hoje, essa cidade não existe mais, estamos todos presos em casa, a cidade mais parece uma cidade abandonada, todas as ruas e estradas rurais estão mal conservadas, pontes, córregos, lotes e calçadas, um abandono total; cadê aquela cidade onde se podia sentar na calçada e bater um papo com seu vizinho sem correr o risco de ser assaltado?

Próximo de completar 30 dias que aconteceu o temporal com ventos fortes e chuva de granizo em Pilar do Sul, (05/06), ainda vemos por toda a parte, pedaços de galhos de árvores caídos, ruas com buracos enormes e, pontes que desmoronaram, continuam oferecendo risco aos pedestres.

Na esquina da Avenida Ivone Antunes de Campos com a Rua José Martins Perches, uma grande parte da ponte desmoronou (conforme mostram as fotos) e o que foi providenciado até esta terça-feira (27/06) foram, apenas, algumas estacas de trânsito cercadas com fitas plásticas, porém quem por ali passa á noite corre o risco de cair no enorme buraco ali existente.

Há tempos, o córrego do peixinho esta totalmente abandonado, matos cobrem toda a parte de água, pneus velhos, restos de materiais de construção espalhados ao longo da Avenida Ivone, a própria Avenida foi asfaltada até um pequeno trecho, o restante, continua um verdadeiro lamaçal quando chove e uma nuvem enorme de poeira quando o tempo esta seco; iluminação... nem pensar, “parece até que aqui não mora ninguém e não pagamos impostos pois essa “avenida” e esse “córrego” sempre estiveram abandonados por todas as administrações”, desabafa um dos moradores revoltados com tamanho descaso.

Mas não se pode dizer que só esse trecho de Pilar do Sul está em péssimas condições, a cidade está totalmente abandonada, matos em todos os lotes (particular e público), calçadas danificadas, ruas esburacadas, caramujos venenosos, ratos, baratas e aranhas adentram as residências, os impostos sobem, a segurança diminui por falta de contingente, até a casa do prefeito acaba de ser assaltada? A polícia prende, se arrisca e a justiça solta, por esta ou aquela brecha na lei, cadê o único clube da cidade onde os casais podiam ir dançar e curtir horas agradáveis com seus amigos? O campo de futebol da Associação Comercial está totalmente abandonado, virou depósito do que não deve e, tantas outras coisas que se tinham e não se tem mais.

Cadê minha Pilar do Sul pacata, limpa, aconchegante, acolhedora, tranquila, segura, nascente das águas (límpidas?), não sei não! Todos se perguntam: “O que será que está faltando para voltarmos a ter “aquela” saudosa Pilar do Sul?” Você sabe a resposta? Diga-me, por favor?



Nenhum comentário:

Postar um comentário